COMO ESTUDAR QUÍMICA E DICAS GERAIS

1) Arrisco dizer que a principal dica seja QUERER APRENDER e QUERER ESTUDAR. Aluno é alguém que assiste às aulas. Estudante é alguém que estuda.

É muito comum uma situação em que uma simples “nota baixa” ou algum assunto não assimilado faz com que o(a) aluno(a) entre em pânico. Alguns, inclusive, detestam a matéria e argumentam que não usarão os conceitos em suas vidas ou que a disciplina não é importante para o curso que escolheu. Pensamentos assim não ajudam em nada. No vestibular existirão questões de Química. O ser humano tem o costume de achar difícil o que não entende, por isso mantenha a calma! Peça ajuda a seu professor ou a um amigo que saiba um pouco mais que você. Sempre haverá alguém a consultar.

 

2) Não seja apressado(a) nos estudos. Cada assunto não deve ser apenas lido. Ele precisa ser entendido, analisado. Evite decorar. Maaaaaas é óbvio que algumas (muitas!) coisas precisam ser memorizadas. Você pode, por exemplo, fazer anotações numa folha à parte. Lembre-se de que sua aprendizagem depende única e exclusivamente de você.

3) Procure um ambiente tranquilo para estudar. Torne isso um hábito. Você não tem hora, mais ou menos, estabelecida para jantar ou para tomar banho? Pois bem, hora de estudar é hora de estudar. Crie uma rotina de estudos. Você será o(a) beneficiado(a). Estude sozinho(a).


4) Sempre que for possível faça desenhos, tabelas ou gráficos. Use suas palavras para explicar o que está sendo estudado. Nem sempre estudar o texto “na íntegra” é a melhor alternativa. Algo interessante é possuir um caderno de resumos que deverá conter as:

• fórmulas das principais substâncias e seus respectivos nomes;

• reações químicas mais importantes e quando são utilizadas;
• fórmulas com cada letra ou símbolo identificado, além do conceito necessário para a sua utilização.

5) Os exercícios são vitais para a formação de um novo conhecimento. Alguns conseguem explicar muito mais do que páginas e páginas de texto. Uma boa dica de estudo é começar a resolver os exercícios pelas questões já feitas pelo professor ou resolvidos em um livro texto. Depois, volte e tente resolvê-los, sem recorrer à resolução. Procure selecionar as questões. Resolver exercícios de maneira repetitiva não é estudo e sim adestramento. O importante é a qualidade deles.

 

6) O professor é seu amigo. Não acumule dúvidas. Não falte às aulas por qualquer motivo. Isso faz com que você ganhe tempo pois, caso contrário, terá de estudar em casa tudo o que já foi “mastigado” pelo seu professor em sala de aula. Preste atenção na explicação dele. Em outras palavras, fique quieto(a) durante a aula. Procure se concentrar nas explicações e dicas que facilitarão o seu estudo.

7) Aula dada é aula estudada. Apenas assistir à aula não faz com que você aprenda o conteúdo da mesma. É preciso chegar em casa e estudar.

 

8) Dormir bem é muito importante (mas não durante as aulas…). Nos finais de semana dê prioridade às atividades de lazer.

9) Não existe tempo ideal de estudos. Entretanto, para ser aprovado(a) em cursos de grande concorrência de Universidades Públicas (medicina e engenharia, por exemplo) é recomendada uma carga de estudos de, no mínimo, 25 horas semanais fora da escola.

 

10) Como diria o poeta Rafael: “A busca pelo conhecimento é árdua”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s